Coca-Cola na máquina da verdade: produz 200 mil garrafas de plástico por minuto

 Volume de produção de plástico da empresa é pouco amiga do ambiente e corresponde a um quinto da produção mundial de garrafas PET.

 

A revelação chegou através de um relatório enviado pela Coca-Cola à organização sem fins lucrativos Ellen MacArthur Foundation, que está a pedir às grandes empresas que acabem com o sigilo sobre a sua pegada ambiental. E, quanto a isto, a empresa que vende um dos mais conhecidos refrigerantes do mundo tem um longo caminho a percorrer. Segundo o The Guardian, é a primeira vez que os números de produção de plástico são conhecidos, depois de a empresa se ter recusado a apresentá-los no ano passado. Por ano, são produzidas três milhões de toneladas de embalagens, nada menos que 200 mil garrafas por minuto.

Apesar dos dados enviados pela empresa, a fundação traduziu a pegada de plástico em garrafas PET (polímero termoplástico) de 500 mililitros e os resultados são ainda mais alarmantes. Assim sendo, a produção não é de três milhões, mas de cerca de 108 bilhões de garrafas por ano, o que equivale a um quinto da produção mundial de garrafas PET(cerca de 500 bilhões por ano).

Mas a Coca-Cola não é a única empresa a submeter-se à máquina da verdade. Há mais trinta que enviaram os seus dados de produção à organização Ellen MacArthur. Entre estas, encontram-se a Mars, a Nestlé e a Danone que, combinadas, produzem oito milhões de toneladas de embalagens. Mas são 150 as que aderiram ao compromisso e a maioria ainda se recusa a divulgar publicamente as estatísticas. Este lote inclui empresas como a Pepsi, a H&M, a L'Oréal, a Walmart, a Marks & Spencer e a Burberry.

© ISAG 2019 Grupo 2: Ana Filipa Costa, Bruna Pinheiro, Francisco Correia & Mafalda Pereira. All Rights Reserved.

Please publish modules in offcanvas position.

Free Joomla! templates by AgeThemes