A palavra Ajna vem da raiz sânscrita que significa "o saber, o obedecer ou o seguir". Literalmente, Ajna significa Comando ou Acompanhamento. Ajna significa também "Terceiro Olho" (sânscrito: Ajña) é o sexto chakra de acordo com a tradições Hindus e do Yoga. Situa-se no "ponto entre as sobrancelhas". Está ligado a capacidade intuitiva e a percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de Alto Grau. Se enfraquecido, aponta para um certo primitivismo ...psico-mental ou no aspecto físico, uma "Tumoração Craniana".Em profundo estado de meditação, não existem as experiências empíricas de "nome e forma", "sujeito e objeto", onde a luz da mente é extinta e a consciência não se limita, permanecendo apenas a consciência do "NÃO EGO".

A maioria de nós não consegue perceber esta situação, pois os nossos problemas estão apenas na "Esfera Mental", ou seja, dispersão da mente, preocupações, ansiedade, agitação, cansaço mental, etc. Estamos falando da "Glândula Pineal" ou Epífise Neural que é uma pequena glândula endócrina localizada perto do centro do cérebro, entre os dois hemisférios. A glândula pineal recebe sua inervação simpática do gânglio cervical superior. No entanto, também está presente uma inervação parassimpática proveniente dos gânglios esfenopalatinos e ÓTICOS, ou seja, é "ramificada" de nervos exatamente como os nervos óticos, e tem em sua constituição, Cristais de Apatita. Tem esse nome, pois de fato se assemelha a uma Pinha. René Descartes (século XVII), afirmava que nela se situava a "Alma Humana" - um órgão com funções transcendentais. De acordo com Jacob Liberman, (autor de Light, the Medicine of the Future) parece um olho, e em certos aspectos, é literalmente um globo ocular.


David Wilcok um cientista instintivo dos mais inspirados e brilhantes concluiu em suas analises ao estudar a fundo esse tema, que o interior da G. Pineal está completamente coberta de "cones de luz" e "barras", igualzinho a retina dos 2 outros olhos. Esses "cones e barras" permitem receber "audio e video", e é responsável pela nossa imaginação. É considerado o OLHO da mente.

Fisicamente, na ausencia de luz ou simplesmente quando fechamos os olhos, a G. Pineal secreta uma substância química chamada "Melatonina". Isso faz com que a G. Pineal gere literalmente um Campo Magnético a sua volta. Uma vez despertada, proporciona acesso ao chamado lado Astral (Sonho) que nos permite o acesso ao conhecimento Universal, ou seja, a todo conhecimento disponível. É o vínculo do Espírito encarnado na matéria (vide Árvore da Vida - Cabala).

Para se ter uma ideia, D. Wilcok comenta que proporcionalmente a G. Pineal possui mais fluxo sanguineo do que qualquer outro orgão do corpo humano. É nela que se concentra a maior quantidade de energia do nosso corpo. Quando se produz esse Campo Magnético ao redor da G. Pineal, esse campo funciona como um "escudo" que bloqueia qualquer interferência eletromagnética do exterior, ou seja, as ondas de rádio, telemóvel, etc, pois estas interferências nos dão sempre um ponto de referência no "Espaço-Tempo"(3D) e esse bloqueio faz com que se ABRA a porta do TEMPO-ESPAÇO (outras D). (Ativação da Kundalini).

Segundo D. Wilcok seria como um motor de um carro a arrancar.

Trata-se de um "mecanismo" de carga ou descarga eletromagnética que ativa o Campo Magnético como um "escudo" que protege a "água" de dentro da G. Pineal. É necessário um estado de tranquilidade profunda (Meditação) para conseguir ativa-la dessa forma. E se por acaso sentir uma dor de cabeça, significa que há algum tipo de bloqueio psicológico do qual a maioria nem tenta fazê-lo, pois se auto-titula como incapaz e/ou está cheio de PRÉ-conceitos e complexos. O fato de não compreender que somos seres "divinos" e que estamos conectados a TUDO, culmina nesse não acesso. Ou seja, você CRIOU essa realidade segundo sua consciência. É preciso então, libertar-se dos preconceitos e simplesmente aceitar a si mesmo.

Quando não recebe, armazena e irradia energia suficiente, causa má distribuição de energia gerando constantes dores de cabeça, visão temporáriamente desfocada ou irritação nas mucosas do nariz.
Quando recebe, armazena e irradia energia em excesso, causa dores de cabeça com latejamento, sinusite aguda e sangramento no nariz.
Quando está energéticamente equilibrado, facilita a clarividência e intuição aguçada. Muitas vezes em que está em atividade gera um pulsamento na testa (assemelha-se ao pulsa do ciração) ou a sensação de calor entre os olhos.
Se bem desenvolvido apresenta um clarão no centro da visão normal no momento em que está em atividade, porém, esse clarão não mostra imagens que os outros olhos contemplam, mas uma outrra imagem diferente que pode se relacionar ao passado, presente ou futuro.
Localização = Plexo pineal, região entre sobrancelhas.
Correlação física = Ligado à Glândula Hipófise (Glândula Pituitária).
Pétalas = Duas, porém cada uma das pétalas grandes, contém 48 pétalas pequenas, no total de 96 pétalas.
Bija Mantra = Om.
Elemento = Anupapadaka tattva - Princípio Espiritual ou a força motriz.
Loka (Plano) = Tapa loka.
Nota musical = Re (Ré).
Cor = Índigo ou Azul brilhante.
Símbolo = Círculo.
Animal associado = Nenhum.
Cristal = Safira, Água-Marinha ou Sugilita.
Os olhos representam o tempo, o passado e presente e o terceiro olho, o futuro. Este chakra bem ativo proporciona consciência do tempo ou as barreiras do tempo são derrubadas e a continuidade fica clara. A pessoa ultrapassa todos os limites criados por elementos densos.
A comunicação com o divino ou seu próprio ser fica fácil e o conhecimento se amplia sem limites. A consciência se torna soberana de tal forma que a pessoa até no estado de sono fica consciente. O sentimento da dualidade - Eu e Tu começa a desaparecer.

Search

Free Joomla! templates by Engine Templates